Pular para o conteúdo

Entenda a polêmica que está acontecendo entre o Nubank e o Desenrola Brasil

    O banco digital Nubank, que está entre os mais populares do Brasil, tirou dúvidas em torno desta polêmica entre a instituição e o programa do governo federal. Confira os detalhes!

    Recentemente, uma polêmica entre o Nubank e o Desenrola Brasil tomou conta das redes sociais e acabou chocando alguns brasileiros. Pensando nisso, o importante banco digital, que está entre um dos principais do Brasil, emitiu esclarecimentos sobre este assunto. Por isso, é necessário que você fique de olho no conteúdo deste artigo, principalmente se você for cliente da instituição.

    É importante destacar que o banco digital está entre as instituições que integram o programa de renegociação de dívidas que foi criado pelo governo federal. Desta forma, os clientes do Nubank poderão negociar ou mesmo quitar os seus débitos por meio da plataforma do governo, disponível em https://desenrola.gov.br/home.

    E foi exatamente sobre este assunto que o banco divulgou a explicação necessária sobre o programa, sobretudo relacionado aos possíveis golpes que alguns dos clientes podem sofrer. Todos os detalhes serão apresentados no decorrer deste texto.

    Entenda melhor a seguir a polêmica entre o Nubank e o Desenrola Brasil

    Por meio do seu perfil oficial na rede social X, que é o antigo Twitter, o banco digital deu uma explicação breve de como o Desenrola Brasil funciona. Ademais, foi anunciado que os clientes vão poder contar com um desconto de até 99% caso renegocie as dívidas por meio deste programa.

    Porém, o principal alerta do Nubank é com relação aos possíveis golpes, nos quais os usuários podem se tornar vítimas. São muitos os golpistas que montam sites responsáveis por utilizar as cores relacionadas ao governo, o que faz com que os clientes acreditem que estão em um canal oficial de comunicação.

    Desta forma, com o objetivo de evitar que os usuários tenham os seus dados roubados por meio dos endereços eletrônicos falsos que são enviados por meio das redes sociais, o Nubank decidiu fazer algumas recomendações. Uma delas é que a pessoa ligue para a instituição para confirmar se a mensagem que receberam é verdadeira ou não. Portanto, o cliente deve observar que o único canal oficial para a renegociação destas dívidas é o site informado no início deste artigo.

    Afinal, quais pessoas poderão participar do programa do governo federal?

    Tanto os clientes do Nubank como também de outros bancos, desde que possuam dívidas, vão poder fazer uso da plataforma do Desenrola Brasil para realizar a renegociação das suas dívidas. Nesta fase, por exemplo, será possível renegociar os débitos em varejos e também em serviços, como telefone, luz e água, por exemplo.

    Desta forma, basta apenas que o devedor integre a faixa de número 1 do programa, que é voltada para as pessoas que têm uma renda de até dois salários mínimos, o equivalente a R$ 2.640 atualmente e que possuem inscrição no CadÚnico. Por fim, é preciso que esta dívida seja de, no máximo, R$ 5 mil.

    Fonte: Joalline Nascimento/ pronatec.pro.com