Pular para o conteúdo

Bolsa Família: Milhares de beneficiários serão cortados; Veja como proceder

    O governo anunciou um corte significativo no Bolsa Família, afetando aproximadamente 68 mil beneficiários. Essa decisão gerou preocupações entre as famílias que dependem deste auxílio para atender às suas necessidades básicas.

    Motivos do Corte do Bolsa Família

    A principal razão para o corte envolve a identificação de irregularidades no CPF ou no cadastro dos titulares. A ação faz parte de uma revisão cadastral rotineira que tem como objetivo assegurar que o benefício seja entregue corretamente e somente para aqueles que realmente atendem aos critérios de elegibilidade, eliminando desvios e fraudes.

    Como Proceder se o Benefício For Bloqueado

    Se você descobrir que seu benefício do Bolsa Família foi bloqueado, aqui estão algumas medidas importantes que você pode tomar:

    1. Identifique o Motivo do Bloqueio: Acesse o sistema do Bolsa Família para verificar o motivo específico do bloqueio, que pode estar relacionado à necessidade de atualização cadastral, falta de documentação, ou mudanças na composição ou renda familiar.
    2. Atualize suas Informações: É crucial atualizar seus dados no Cadastro Único (CadÚnico). Certifique-se de que todas as informações fornecidas estejam completas e corretas.
    3. Reavalie sua Situação Econômica: Informe qualquer alteração na renda ou na composição da sua família que possa influenciar sua elegibilidade para continuar recebendo o Bolsa Família.

    Calendário de Pagamentos de Junho do Bolsa Família

    Os pagamentos de junho serão realizados seguindo o cronograma baseado no último número do NIS (Número de Identificação Social) dos beneficiários:

    • NIS final 1: 17 de junho
    • NIS final 2: 18 de junho
    • NIS final 3: 19 de junho
    • NIS final 4: 20 de junho
    • NIS final 5: 21 de junho
    • NIS final 6: 24 de junho
    • NIS final 7: 25 de junho
    • NIS final 8: 26 de junho
    • NIS final 9: 27 de junho
    • NIS final 0: 28 de junho

    Essas informações são fundamentais para que as famílias afetadas possam se organizar e tomar as medidas necessárias para tentar restabelecer seu acesso aos benefícios do programa.

    O que aconteceu?

    O Governo Federal está realizando uma revisão criteriosa no Cadastro Único (CadÚnico) para garantir que o Bolsa Família chegue somente às famílias que realmente precisam. Essa revisão resultou no corte de milhares de beneficiários que não atenderam aos requisitos do programa.

    Por que meu benefício do Bolsa Família pode ser bloqueado?

    Existem diversas razões pelas quais o seu benefício do Bolsa Família pode ser bloqueado, como:

    • Dados incorretos ou desatualizados no CadÚnico: é fundamental manter seus dados sempre atualizados para evitar cortes indevidos.
    • Descumprimento das condicionalidades: o Bolsa Família exige que as famílias cumpram algumas condicionalidades, como manter as crianças na escola e atualizar a carteira de vacinação.
    • Fraude: o governo está combatendo fraudes no programa e pode bloquear benefícios que forem identificados como irregulares.

    O que fazer se meu benefício for bloqueado?

    Se você teve seu benefício do Bolsa Família bloqueado, não se desespere! Siga estas etapas:

    • Verifique o motivo do bloqueio: você pode consultar o motivo do bloqueio no aplicativo Bolsa Família, no site do Ministério da Cidadania ou no CRAS mais próximo.
    • Conteste o bloqueio: se você acredita que o bloqueio foi indevido, você pode contestá-lo dentro do prazo de 30 dias. Para isso, é necessário apresentar documentos que comprovem sua situação ao CRAS.
    • Atualize seus dados: se o bloqueio ocorreu por dados incorretos ou desatualizados, atualize-os o mais rápido possível no CadÚnico.
    • Cumpra as condicionalidades: se o bloqueio ocorreu por descumprimento das condicionalidades, regularize sua situação para que o benefício seja liberado.

    Lembre-se:

    • Você tem direito a contestação do bloqueio, caso acredite que ele foi indevido.
    • Mantenha seus dados no CadÚnico sempre atualizados para evitar cortes futuros.
    • Cumpra todas as condicionalidades do programa para garantir seu direito ao benefício.

    Canais de atendimento:

    • Aplicativo Bolsa Família: baixe o aplicativo em seu celular e acesse com seu NIS e senha.
    • Telefone: Ligue para o número 121 do Ministério da Cidadania.
    • Site: Acesse o site do Ministério da Cidadania.
    • CRAS: Visite o Centro de Referência de Assistência Social mais próximo.

    Fonte: Caroline Falcão/ obolsafamilia.com