Pular para o conteúdo

ALERTA: Risco de SUSPENSÃO do Bolsa Família em junho para alguns beneficiários! Confira se você está na lista

    Manter-se em conformidade com as exigências do Bolsa Família é crucial para assegurar o repasse mensal, vital para famílias em vulnerabilidade social. A negligência dessas obrigações pode levar à suspensão do benefício, afetando diretamente o bem-estar e a estabilidade financeira dos beneficiários.

    Atualização Cadastral Urgente

    manutenção atualizada do Cadastro Único é um passo fundamental para permanecer elegível para os pagamentos do Bolsa Família. Confira se seu nome está entre aqueles que precisam atualizar seus dados urgentemente.

    Obrigatórios para Manter o Benefício do Bolsa Família

    Os beneficiários do Bolsa Família devem atender continuamente às exigências do programa para evitar a interrupção dos pagamentos:

    • Atualização Cadastral: A atualização deve ser feita a cada dois anos ou sempre que houver mudanças significativas na composição familiar, como nascimento, morte, casamento, divórcio, ou mudança de endereço.
    • Local para Atualização: Para renovar o cadastro, os beneficiários devem visitar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo ou o setor responsável pelo Cadastro Único.
    • Documentação Necessária: É importante levar documentos de identificação de todos os membros da família, comprovante de residência atual e, para crianças sem RG, a certidão de nascimento.

    Riscos de Bloqueio do Bolsa Família

    falta de atualização pode levar ao bloqueio do benefício. Acompanhar as condicionalidades de saúde é essencial para a continuidade do repasse dos recursos.

    As famílias que não atenderem a esses requisitos até a data limite podem perder o acesso ao benefício, impactando diretamente sua segurança financeira.

    Condicionalidades Essenciais

    • Atualização do CadÚnico a cada dois anos ou após alterações familiares.
    • Manutenção do CPF em situação regular.
    • Atualização da caderneta de vacinação de crianças, adolescentes e gestantes.
    • Cumprimento das frequências escolares mínimas: 60% para crianças de 4 a 5 anos e 75% para crianças e adolescentes de 6 a 17 anos.
    • Realização de pré-natal para gestantes.
    • Acompanhamento nutricional para mulheres e crianças até 7 anos.

    Como Resolver Bloqueios no Bolsa Família

    Para reativar um Bolsa Família bloqueado, é necessário:

    1. Identificar a Causa do Bloqueio: Pode ser desde cadastro desatualizado até falta de frequência escolar.
    2. Atualizar o Cadastro Único: Visitar o CRAS para renovar o cadastro.
    3. Resolver Pendências Específicas: Como acompanhamento nutricional nos postos de saúde, regularização do CPF via site da Receita Federal, entre outros.

    Após a correção dos dados, o Ministério do Desenvolvimento Social analisará as informações e, se estiverem corretas, os pagamentos serão retomados, podendo levar até 90 dias.

    Os beneficiários podem verificar a situação do seu benefício através de aplicativos oficiais, WhatsApp ou pela central de atendimento da Caixa, mantendo-se sempre informados sobre seu status.

    Agenda de Pagamentos do Bolsa Família para Junho

    Com a conclusão do mês de maio, os beneficiários do Bolsa Família estão na expectativa para o próximo pagamento, agendado para começar no dia 17 de junho.

    Os pagamentos são distribuídos conforme o NIS (Número de Identificação Social) de cada beneficiário, seguindo a sequência nos últimos dez dias úteis do mês.

    Portanto, os beneficiários com NIS terminando em números específicos receberão seus pagamentos nas seguintes datas de junho:

    • 17 de junho, segunda-feira: Beneficiários com NIS final 1;
    • 18 de junho, terça-feira: Beneficiários com NIS final 2;
    • 19 de junho, quarta-feira: Beneficiários com NIS final 3;
    • 20 de junho, quinta-feira: Beneficiários com NIS final 4;
    • 21 de junho, sexta-feira: Beneficiários com NIS final 5;
    • 24 de junho, segunda-feira: Beneficiários com NIS final 6 (observação: esta data foi ajustada do dia originalmente previsto, 22 de junho);
    • 25 de junho, terça-feira: Beneficiários com NIS final 7;
    • 26 de junho, quarta-feira: Beneficiários com NIS final 8;
    • 27 de junho, quinta-feira: Beneficiários com NIS final 9;
    • 28 de junho, sexta-feira: Beneficiários com NIS final 0.

    Cada pagamento é efetuado conforme a ordem do último dígito do NIS, garantindo que todos os beneficiários recebam dentro do período estabelecido.

    Lembre-se:

    • O Bolsa Família é um programa importante que ajuda milhões de famílias brasileiras.
    • É fundamental manter seus dados atualizados e cumprir as regras do programa para garantir seu direito ao benefício.
    • Em caso de dúvidas, procure os canais oficiais de comunicação do Bolsa Família.

    Fonte: Caroline Falcão/ obolsafamilia.com