O Senado Federal aprovou a nova proposta do auxílio emergencial para 2021. A ideia é que o benefício volte a ser pago ainda neste mês. Nesta quinta-feira (04) eles vão votar o 2º turno para concluir a votação na casa.

Proposta do auxílio emergencial

A proposta do auxílio emergencial viabiliza o tão aguardado benefício para 2021. Além disso, ela também dispõe sobre várias medidas que podem ser adotadas caso o teto de gastos seja descumprido, visto que ele limita os gastos da União ao valor da inflação do ano anterior.

Ao flexibilizar as regras e permitir que os valores gastos com o auxílio não sejam submetidos às limitações do teto de gastos, a proposta do auxílio emergencial possibilita a volta do benefício em 2021. As condições e valor do benefício ainda serão divulgados.

Quanto ao valor do benefício, o Governo revelou que o valor seria de R$200. Mas na última semana, o Presidente da República, Jair Bolsonaro, declarou que os pagamentos devem começar com R$250 e terá duração de 4 meses. O Presidente também disse que os depósitos do novo auxílio devem começar ainda em março.

Caso seja aprovada elo Congresso, o auxílio emergencial pode estar disponível para a população já no dia 18 de março, conforme informou o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

Além disso, um outro ponto a ser lembrado é o fato de que os beneficiários do Bolsa Família possam participar da nova rodada. Desta vez, os Microempresários individuais não poderão concorrer à próxima leva.

Fonte: Notícias Concursos