O pagamento extra de R$ 200 para inscritos no Bolsa Família pode ser uma ótima notícia para esse fim de ano. São milhões de pessoas que fazem parte desse programa e poderão contar com esse auxílio adicional.

O objetivo desse benefício é justamente garantir um apoio maior em momentos de maior dificuldade – como é o caso de uma pandemia. Os valores seriam variáveis de acordo com as necessidades de cada família.

Confira o que está escrito no texto que prevê esse valor adicional e saiba qual é a situação atual. Entenda e saiba quais são as últimas informações sobre esse assunto.

Pagamento Extra Bolsa Família R$ 200

Em breve pode surgir um novo pagamento extra do Bolsa Família de R$ 200. Já está em trâmite neste momento na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei (PL) nº 690/20 que foi criado pela deputada Perpétua Almeida.

De acordo com o texto escrito pela parlamentar e outros seis deputados, o projeto de R$ 200 extra para inscritos no Bolsa Família é fundamental em alguns momentos particulares. O principal objetivo é oferecer mais recursos financeiros para cidadãos em situação vulnerável.

Esse pagamento extra Bolsa Família não seria vitalício, de acordo com o texto. A ideia é oferecer uma ajuda emergencial e provisória. Além disso os valores seriam variáveis, de acordo com as necessidades de cada família.

Neste momento de pandemia, por exemplo, seria necessário estar fazendo esse pagamento adicional. O projeto serviria também para outras situações providenciais (como desastres naturais, entre outros).

Valor Adicional Bolsa Família

O valor adicional para inscritos no Bolsa Família não é fixo, de acordo com o texto da PL. De acordo com a proposta, o acréscimo vai sempre variar de acordo com a renda de cada família.

As principais variáveis seriam:

  • Presença de crianças na família (adicional de R$ 60 por criança com atividades escolares suspensas; crianças que estudam em período integral ganham R$ 120);
  • Famílias com pessoas doentes (pagamento de R$ 100 para famílias que possuem pessoas no grupo de risco do Covid-19);
  • Renda per capita de cada unidade familiar.

O valor máximo do pagamento adicional do Bolsa Família seria de R$ 200 por família.

Quando começam pagamentos adicionais Bolsa Família

quando começam os pagamentos adicionais do Bolsa Família? De acordo com o Projeto de Lei, a criação desses valores começaria a partir de janeiro de 2021 para determinadas situações.

Para isso ainda é necessária a aprovação do texto que está em trâmite na Câmara de Deputados e poderá ser votado a qualquer momento. Se isso acontecer e houver a aprovação, os pagamentos extra do Bolsa Família em 2021 já começam a partir de janeiro.

Fonte: pronatec.pro.br