Pular para o conteúdo

Publicidade


Publicidade

DESENROLA BRASIL: Nova fase de negociação inclui dívidas de até R$ 20 MIL; Saiba mais


    Publicidade

    Boa notícia para quem está endividado. Uma nova fase de negociação de dívidas do Desenrola Brasil começa nesta segunda-feira (20). O programa do Governo Federal passa a incluir débitos de até R$ 20.000 entre as opções de pagamento parcelado. A Secretaria de Comunicação da Presidência da República anunciou a novidade ontem (19).

    De acordo com o Ministério da Fazenda, desde o início do programa de renegociação de dívidas, aproximadamente 2,7 milhões de brasileiros já puderam ser atendidos. Isso significa a renegociação de mais de R$ 20 bilhões em débitos. Entre as empresas que aderiram ao projeto estão Nubank, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil.

    Nova fase de negociação de dívidas: o que o Desenrola oferece?

    A nova fase de negociação de dívidas do Desenrola Brasil inclui o parcelamento de dívidas de até R$ 20 mil, desde que a negativação tenha ocorrido entre 2019 e 31 de dezembro do ano passado. Sendo assim, os interessados podem renegociar dívidas bancárias e não bancárias, como contas de cartão de crédito, luz, água, educação, entre outros.

    Os abatimentos nos débitos podem chegar a 99%. Pelas regras do Desenrola, os consumidores podem optar pelo parcelamento em até 60 vezes, com juros de até 1,99% ao mês. No entanto, cabe destacar que as negociações devem ser feitas através da plataforma de renegociação, com conta Gov.br nível prata ou ouro. Veja aqui como ter acesso.

    ‘Dia D – Mutirão Desenrola’ agendado para dia 22

    A Secretaria não anunciou somente a nova fase de negociação de dívidas do Desenrola Brasil. Ela informou que, na quarta-feira, dia 22 de novembro, ocorrerá o “Dia D – Mutirão Desenrola”. Nesse sentido, a ação da Fazenda e da União busca estimular a negociação de dívidas com bancos e outros credores.

    No dia da iniciativa, os bancos prolongarão o horário de atendimento em parte de suas agências. A intenção é informar os clientes e proporcionar mais tempo para as negociações. Além disso, amanhã (21), o presidente Lula e o ministro Fernando Haddad realizarão uma live, a fim de debater sobre o programa.

     

    Fonte: Adriane Sacramento/ seucreditodigital.com

    Aguarde um momento…

    0