Pular para o conteúdo

Publicidade


Publicidade

COMUNICADO IMPORTANTE: CAIXA TEM libera empréstimo para usuários do Bolsa Família, saiba mais


    Publicidade

    A Caixa Econômica Federal está trazendo boas notícias para quem precisa de um apoio financeiro extra. Agora, os usuários do Bolsa Família podem contar com um novo recurso: um empréstimo de até R$ 1.000. O usuário pode solicitar o crédito pelo aplicativo do Caixa Tem (Android e iOS).

    Assim, a novidade pretende proporcionar maior acesso a recursos financeiros para aqueles que necessitam, possibilitando que enfrentem desafios e busquem oportunidades de melhoria. Por meio do aplicativo, é possível realizar a solicitação e análise dos empréstimos de forma rápida e prática, trazendo mais comodidade aos beneficiários.

    Novas opções de crédito para beneficiários

    Além do empréstimo específico para os usuários do Bolsa Família, o Caixa Tem oferece outras opções de crédito vantajosas. Uma delas é o crédito consignado, que permite aos beneficiários comprometerem até 5% do valor total do benefício, com taxas de juros limitadas a 2,5%. Esse processo pode ser realizado tanto pelo aplicativo do Caixa Tem quanto presencialmente em uma agência da Caixa.

    Outra alternativa é o SIM Digital, uma linha de empréstimo associada ao Programa de Simplificação de Microcrédito Digital para Empreendedores. Essa modalidade permite que pessoas físicas e jurídicas possam solicitar um empréstimo de até R$ 3.000, com foco tanto em indivíduos que desejam empreender quanto em microempreendedores individuais (MEIs).

    Não solicite empréstimos sem tomar esses cuidados

    É importante ressaltar que, mesmo diante dessas opções de crédito disponíveis, é fundamental analisar as condições e custos envolvidos antes de contratar qualquer empréstimo. Um planejamento financeiro e análise cuidadosa das necessidades individuais são essenciais para evitar o endividamento excessivo.

    Outro aspecto importante que você deve considerar é a proporção entre as prestações do empréstimo e sua renda mensal. Recomenda-se que as parcelas de empréstimos e dívidas não ultrapassem 30% da sua renda, a fim de evitar comprometer excessivamente suas finanças e evitar problemas de endividamento futuro.

     

    Fonte: Maria Soares/ seucreditodigital.com

    Aguarde um momento…

    0