Pular para o conteúdo

Publicidade


Publicidade

COD 81 no aplicativo Caixa Tem está BLOQUEANDO milhares de beneficiários Bolsa Família, entenda


    Publicidade

    O Bolsa Família, programa essencial para a transferência de renda no Brasil, tem um papel crucial na melhoria da qualidade de vida das famílias em situação de vulnerabilidade. Relançado pelo Governo Federal, o programa agora oferece mais proteção, considerando o tamanho e as características das famílias, garantindo que aquelas com mais membros recebam mais apoio financeiro. 

    Além disso, o programa não se limita apenas à transferência de renda; busca integrar políticas públicas que fortalecem o acesso das famílias a direitos básicos, promovendo dignidade e cidadania por meio de ações complementares.

    Requisitos para o Bolsa Família

    Para ser beneficiário do Bolsa Família, a principal exigência é que a renda per capita familiar seja de, no máximo, R$ 218 por mês. Por exemplo, em uma família onde apenas um membro recebe um salário mínimo de R$ 1.412 e há sete pessoas, a renda per capita é de R$ 201,71. 

    Essa quantia está abaixo do limite estabelecido, garantindo o direito ao benefício. Esse critério é fundamental para assegurar que os recursos sejam direcionados às famílias que realmente necessitam.

    Processo de Inscrição e Recebimento

    O primeiro passo para receber o Bolsa Família é estar inscrito no Cadastro Único, com dados corretos e atualizados. Esse cadastramento é realizado em postos de atendimento da assistência social, como os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). É necessário apresentar documentos como CPF ou título de eleitor. 

    Importante ressaltar que a inscrição no Cadastro Único não garante entrada imediata no programa. Mensalmente, o sistema automatizado identifica as famílias que passarão a receber o benefício, conforme os critérios estabelecidos.

    Cumprimento das Condicionalidades

    A manutenção do benefício do Bolsa Família exige o cumprimento de diversas condicionalidades. Entre elas estão a realização de pré-natal para gestantes, o cumprimento do calendário nacional de vacinação, o acompanhamento do estado nutricional de crianças até sete anos e a frequência escolar mínima. 

    Para crianças de 4 a 6 anos, a frequência deve ser de pelo menos 60%, enquanto para aquelas entre 6 e 18 anos, a exigência é de 75%. Essas medidas garantem que as famílias estejam integradas a programas de saúde e educação, fundamentais para a melhoria de sua qualidade de vida.

    Código 81 no Aplicativo Caixa Tem

    Recentemente, muitos beneficiários do Bolsa Família foram surpreendidos pelo bloqueio de seus benefícios devido ao código 81 no aplicativo Caixa Tem. Esse código indica que a família não cumpriu as exigências de saúde no semestre, como vacinas, medições de peso e altura nas unidades de saúde, além da realização de pré-natal para gestantes. 

    Para regularizar a situação, é imprescindível que as famílias cumpram essas exigências. Manter a regularidade dessas ações é vital para evitar bloqueios futuros e garantir a continuidade do benefício.

    Como Regularizar a Situação

    Para evitar o bloqueio do benefício, as famílias devem ficar atentas às condicionalidades exigidas pelo programa. É fundamental manter as vacinas em dia, realizar os acompanhamentos de saúde e assegurar a frequência escolar das crianças. 

    Gestantes devem seguir rigorosamente o pré-natal. Em caso de bloqueio, a regularização passa pela atualização dos dados no Cadastro Único e o cumprimento imediato das condicionalidades pendentes. A busca por informações e orientações nos CRAS pode ser uma importante ajuda nesse processo.

    O Bolsa Família é um programa vital para muitas famílias brasileiras, proporcionando uma rede de segurança financeira e acesso a direitos básicos. Manter-se informado sobre as exigências e condicionalidades é crucial para garantir a continuidade do benefício. 

    O cumprimento rigoroso das regras assegura que as famílias não apenas recebam o apoio financeiro, mas também tenham acesso a serviços essenciais que promovem sua inclusão social e melhoria de vida.

    Fonte: Diego Marques/ cadunicobrasil.com

    Aguarde um momento…

    0