Pular para o conteúdo

BOLSA FAMÍLIA: Pagamento inicia amanhã; veja calendário e valores

    Os novos pagamentos do Bolsa Família já têm datas para o mês de março. De acordo com calendário divulgado pelo Governo Federal, os repasses começarão na próxima semana, a partir do dia 20. Nesse sentido, a expectativa é beneficiar pouco mais de 20 milhões de pessoas.

    Vale lembrar que o Bolsa Família é o principal programa de transferência de renda do país, fazendo atualmente, transferências de R$600 por mês por destinatário. Além disso, há três transferências extras que foram anunciadas no início de março.

    Calendário do Bolsa Família de março

    Primeiramente, o calendário do Bolsa Família prevê dez pagamentos durante o mês de março. Assim, as transferências são feitas de acordo com o último dígito do número de identificação social (NIS) do beneficiário. Confira quando cada pessoa receberá os valores:

    • Número do NIS final 1: pagamento será feito no dia 20 de março de 2023;
    • Número do NIS final 2: pagamento será feito no dia 21 de março de 2023;
    • Número do NIS final 3: pagamento será feito no dia 22 de março de 2023;
    • Número do NIS final 4: pagamento será feito no dia 23 de março de 2023;
    • Número do NIS final 5: pagamento será feito no dia 24 de março de 2023;
    • Número do NIS final 6: pagamento será feito no dia 27 de março de 2023;
    • Número do NIS final 7: pagamento será feito no dia 28 de março de 2023;
    • Número do NIS final 8: pagamento será feito no dia 29 de março de 2023;
    • Número do NIS final 9: pagamento será feito no dia 30 de março de 2023;
    • Número do NIS final 0: pagamento será feito no dia 31 de março de 2023.

    Como consultar os pagamentos do Bolsa Família

    Os pagamentos do Bolsa Família podem ser verificados online. Os interessados ​​podem utilizar o aplicativo Caixa Tem (Android e iOS) ou o aplicativo Auxílio Brasil (Android e iOS).
    Quem não possui smartphone com acesso à internet pode consultar por meio de ligações. O telefone 111 da Caixa Econômica Federal e o 121 do Ministério do Desenvolvimento Social (antigo Ministério da Cidadania) são opções existentes.

    CGU confirmou fraudes no Bolsa Família e a quantidade de irregulares surpreendeu
    Imagem: Seu Crédito Digital.

    Quem recebe Bolsa Família

    Antes de mais nada, o Bolsa Família é voltado para pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Para receber o dinheiro, o beneficiário deve estar cadastrado no CadÚnico e fazer parte de um dos seguintes grupos:

    • Um membro da família em extrema pobreza;
    • Um familiar em situação de pobreza;
    • Um familiar em situação de emancipação.

    Vale lembrar que a atualização do CadÚnico é necessária para a continuidade dos pagamentos do Bolsa Família.

    Adicionais do Bolsa Família

    Conforme relatado, o Bolsa Família paga a seus beneficiários R$ 600 por mês. No entanto, pagamentos adicionais foram anunciados recentemente. Eles funcionarão da seguinte forma:

    Crianças menores de seis anos de idade

    Para cada criança até seis anos, a família recebe R$ 150 a mais por mês. Isso significa que, se houver dois filhos, a caução será de R$ 300. Este pagamento adicional começará a partir do próximo dia 20.

    Mulher grávida

    Do mesmo modo, a mulher que estiver grávida e cuja família estiver incluída no programa receberá um adicional de R$ 50 por mês. Esses pagamentos estão garantidos na gravidez. Em suma, as transferências de R$ 150 cobrirão as crianças quando nascerem. No entanto, esse benefício deve entrar em vigor a partir de junho.

    Crianças maiores de sete anos e jovens até 18

    Sobretudo, há os pagamentos do Bolsa Família, que são destinados a crianças a partir de sete anos e jovens até 18 anos. Sendo assim, para cada membro que faz parte da família, o governo federal fará um repasse extra de R$ 50. Em março, foi anunciado o valor adicional, contudo, apenas em junho serão feitos os depósitos do valor.

    Fonte: brasil123.com