O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, chegou em Brasília na segunda-feira (03/05) para articular a volta do Auxílio Emergencial ao valor de R$ 600. O retorno é tido como “missão” principal do petista.

Para isso, utilizará dos contatos que mantém na cidade para conversar com lideranças do Congresso Nacional.

Gleisi Hoffmann, presidente do partido dos trabalhadores, explicou em entrevista ao O Globo que a pauta é prioritária para o partido.

O partido considera possível o aumento. Principalmente, considerando o desemprego atual afetando 14,4 milhões de brasileiros, e a fome assolando 19 milhões.

Uma pesquisa da FGV apontou que a redução do auxílio trouxe 61 milhões de volta a linha da pobreza.

Fonte:  Brasil Econômico – iG