Trabalhou com carteira registrada em 2019 e 2020? Então eu te convido a ler este artigo até o final, porque talvez você não saiba que ainda existem valores do abono salarial que estão disponíveis para resgate.

Vale comentar que estamos nos referindo a lotes atrasados do PIS/Pasep com ano-base 2020, e também 2019.

Abono Salarial: Quem tem direito?

O abono é um direito de funcionários de empresas privadas e servidores públicos e os critérios para estar apto são:

  • Ter recebido, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada durante, pelo menos, 30 dias naquele ano-base;
  • Estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos 5 anos naquele ano;
  • Ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ou eSocial, conforme categoria da empresa.

Baixe nosso aplicativo. Clique na imagem abaixo ⤵

Vale lembrar que o PIS é destinado aos trabalhadores do setor privado e é pago na Caixa Econômica Federal, e o Pasep é pago para servidores públicos por meio do Banco do Brasil.

Em relação ao valor, é preciso mencionar que o máximo é de um salário mínimo, de acordo com a quantidade de meses trabalhados.

Desse modo, só tem direito ao valor total quem trabalhou os 12 meses do ano-base.

Como resgatar o abono 2019?

Quem não resgatou o abono com ano-base 2019, precisa fazer a solicitação até o final deste ano para ter acesso ao valor.

Para tanto, dirija-se presencialmente com um documento oficial com foto em uma das unidades regionais do Ministério do Trabalho, ou envie um e-mail para o endereço [email protected], colocando no lugar de “uf” a sigla do estado em que o você reside.

Feito isso, o trabalhador terá até o dia 29 de dezembro para sacar. Se não o fizer dentro do prazo, terá nova chance apenas no calendário do próximo ano.

E o abono salarial de 2020?

Para quem não acompanhou esse repasse, vale explicar que o depósito foi concluído em março e já está disponível na conta dos trabalhadores que têm direito ao benefício.

Por fim, a consulta do PIS/Pasep pode ser feita pela internet, no aplicativo Carteira de Trabalho Digital, ou nos canais digitais do banco pagador.

Fonte: /brasil123.com.br