Nesta sexta-feira (30), em entrevista concedida para a Rádio 89 FM de São Paulo (SP), o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que, se a pandemia permanecer, o governo federal planeja manter o auxílio emergencial para a população.

“A gente espera que, com a vacina e com a questão da pandemia sendo dissipada, não seja mais preciso isso [auxílio emergencial] mas, se porventura continuar, nós manteremos o auxílio emergencial”, declarou o presidente.

Prorrogação do auxílio emergencial 2021

Vale lembrar que o benefício neste ano contemplava inicialmente o pagamento de 4 parcelas, e foi divulgada a prorrogação do programa com mais 3 parcelas, cujos pagamentos ocorrerão em agosto, setembro e outubro, porém, ainda sem calendário oficial definido.

Além disso, a regra para o valor das parcelas será mantida a mesma dos ciclos anteriores do auxílio emergencial 2021. Sendo assim, o valor de R$ 150 vai para as famílias com um único integrante; R$ 250 para casais e famílias com duas ou mais pessoas; e R$ 375 para famílias onde as mulheres sustentam sozinhas o lar.

Fonte: Brasil 123