Novos brasileiros serão contemplados com o Auxílio Emergencial. Apesar do benefício ter sido oficialmente encerrado em outubro de 2021, o Governo Federal passou a disponibilizar novas parcelas para grupos específicos. Os beneficiários estão recebendo até R$ 1.200 em suas contas do Caixa Tem. Entenda os detalhes, abaixo.

concessão do Auxílio Brasil teve como finalidade substituir o Auxílio Emergencial, no entanto o governo ainda está fazendo pagamentos desse segundo projeto. Os cidadãos que tiveram reajustes de mensalidade durante o funcionamento do programa têm o direito de receber o abono de forma retroativa.

Quais são as regras para receber o Auxílio Emergencial em 2022?

De acordo com os informes repassados pelo poder público o benefício está sendo pago para pais solteiros que comprovem ser chefe de família e se enquadrem nas seguintes exigências:

  • O pai deve estar cadastrado como Responsável Famíliar;
  • Ter recebido a cota simples do Auxílio Emergencial durante as 5 primeiras parcelas do benefício;
  • Não possuir cônjuge ou companheira (o);
  • A família deve ser integrada por, ao menos, uma pessoa com idade inferior a 18 anos.

Há como consultar se meu nome está na lista de pagamentos?

Sim, o cidadão pode acessar o portal da Dataprev, informando os seguintes dados:

  • CPF (Cadastro de Pessoas Físicas);
  • Nome completo;
  • Nome da mãe;
  • Data de nascimento.

Valor do Auxílio Emergencial em 2022

Baixe nosso aplicativo. Clique na imagem abaixo ⤵

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, a média do pagamento retroativo varia entre R$ 600 e R$ 3.00 a depender do número de parcelas que o cidadão tem direito. A divisão foi estabelecida da seguinte forma:

  • Pais aprovados em abril que receberam 5 parcelas: tem direito a R$ 3.000 em valores retroativos;
  • Pais aprovados em maio que receberam 4 parcelas: tem direito a R$ 2.400 em valores retroativos;
  • Pais aprovados em junho que receberam 3 parcelas: tem direito a R$ 1.800 em valores retroativos;
  • Pais aprovados em julho que receberam 2 parcelas: tem direito a R$ 1.200 em valores retroativos;
  • Pais aprovados em agosto que receberam 1 parcela: tem direito a R$ 600 em valores retroativos.

Fonte: empregodiariozeta.online