O aplicativo Caixa Tem está oferecendo o Programa de Simplificação de Microcrédito Digital (SIM Digital), que permite o cidadão sacar um valor de até R$ 1 mil. Trata-se de um empréstimo que tem objetivo de ajudar o brasileiro que quer movimentar seus negócios.

A Caixa Econômica Federal informou que o valor de R$ 1 mil via Caixa Tem será destinado a pessoas físicas que querem empreender ou desejam iniciar um pequeno negócio e estão necessitando de dinheiro extra para poder investir.

Quem pode sacar R$ 1.000 via aplicativo?

O empréstimo via Caixa Tem de até R$ 1 mil teve início no mês de março deste ano e é destinado a pessoas físicas. Mas também os microempreendedores individuais (MEIs) também poderão solicitar o empréstimo, porém, num valor maior, R$ 3 mil. A seguir veja as condições exigidas para ter acesso a linha de crédito.

Baixe nosso aplicativo. Clique na imagem abaixo ⤵

As pessoas físicas vão poder contratar um empréstimo de até R$ 1 mil via Caixa Tem, com juros a partir de 1,95% ao mês. Você poderá quitar o empréstimo em até 24 vezes. Já o MEI poderá contratar um valor de até R$ 3 mil, com juros a partir de 1,99% ao mês e também podendo quitar o empréstimo em 24 vezes.

Negativados podem solicitar o empréstimo no Caixa Tem?

Segundo a Caixa, quem estiver negativado nos órgãos de proteção ao crédito como SPC/Serasa, vão poder também solicitar o crédito. Entretanto, para ter acesso ao empréstimo, essas pessoas não poderão ter mais de R$ 3 mil de dívidas.

Lembrando que o microempreendedor individual (MEI) para ter acesso ao empréstimo de até R$ 3 mil, deverá ter ao menos 12 meses de atividade com o CNPJ.

Como contratar o crédito no Caixa Tem?

As pessoas físicas que desejarem contratar o empréstimo poderão fazer via aplicativo Caixa Tem. Lembrando que antes será necessário atualizar o programa com todos os documentos. Depois, é só acessar o menu “Crédito Caixa Tem” para seguir com a solicitação.

Você precisará aguardar a aprovação do pedido, que, uma vez aprovado, é depositado na conta poupança digital em até 7 dias úteis.

Veja a dica da Caixa Econômica Federal

Microempreendedor Individual – MEI (com CNPJ)

Se não possui conta na CAIXA, procure qualquer agência para cadastro e avaliação. Se tem a conta de pessoa jurídica na CAIXA (operação 003) procure sua agência.

Os documentos necessários para quem tem conta ou não são os mesmos:

  • Certificado da Condição de Microempreendedor Individual – CCMEI (após o cadastramento do MEI o Certificado é emitido imediatamente, é documento único, que é o CCMEI);
  • DASN SIMEI do último exercício fiscal encerrado juntamente com seu Recibo de Entrega (esse é o documento de faturamento do MEI, comprova que você fez a Declaração Anual até o dia 31 de maio de cada ano);
  • Documentos pessoais (RG, CPF, Comprovante de residência);
  • Você também pode preencher o formulário com seus dados para que uma de nossas agências entre em contato, e assim faça o seu atendimento.

Vale lembrar que é preciso ter pelo menos 12 meses de atividade/constituição de CNPJ como MEI.

Por Jorge Roberto Wrigt/www.jornalcontabil.com.br